Gilson_Pegadas.png

Como Segurar as Baquetas?

Entenda as diferenças entre as principais pegadas.

Nada melhor do que começar do começo, não é mesmo? Talvez esse assunto pareça banal pra você (especialmente se já toca bateria há algum ou muito tempo) mas no dia-a-dia das minhas aulas presenciais, me espanto com a quantidade de bateristas que não tem a menor ideia de como segurar as baquetas ou simplesmente não faziam ideia das diferentes formas de se fazer isso.

Pegada Alemã ou German Grip

Pegada Alemã ou German Grip

Esta pegada privilegia o uso dos pulsos. É a minha pegada favorita. A palma das mãos se mantém para baixo; os braços ficam paralelos um ao outro enquanto as pontas das baquetas se encontram no meio do tambor formando um triângulo. 
 

Pegada Americana ou American Grip

Pegada Americana ou American Grip

Muito parecida com a Francesa, ela também faz uso dos dedos de apoio. Desta vez, os braços formam um triângulo do cotovelo até a ponta das baquetas. Os dedões se mantém para cima. Considero esta o meio-termo entre a Pegada Alemã e a Francesa, criando possibilidades de notas mais rápidas com menos esforço, dando um descanso aos pulsos.

Pegada Francesa ou French Grip

Pegada Francesa ou French Grip

Esta pegada necessita o uso dos dedos de apoio, funcionando como uma alavanca. Também pode-se girar os pulsos (como se fosse girar uma chave para abrir uma porta). Os dedões se mantém para cima; os braços ficam em triângulo enquanto as baquetas ficam paralelas uma da outra. 

Pegada Tradicional ou Traditional Grip

Pegada Tradicional ou Traditional Grip

Com o intuito de dar conforto ao 'tocador de caixa' de bandas marciais/militares, esta pegada fez sentido quando tínhamos que segurar a caixa através de uma cinta presa ao ombro. Hoje, ela é tem um apelo mais estético do que prático.

É importante salientar que você não precisa saber executar todas as diferentes pegadas! Conhecê-las já é um bom começo. É normal que a pegada que lhe parecer mais fácil seja a sua favorita e naturalmente você irá usá-la mais que as outras.

Pinça e Rebote

A base de qualquer pegada

Não podemos esquecer que para segurar as baquetas você precisa executar a pinça, não importando qual seja a sua pegada favorita! Para entender melhor o assunto, vale a pena ver (ou rever) o meu primeiro vídeo instrucional, exatamente sobre este assunto, aplicando a Pegada Alemã. Não deixe de assistir abaixo!

Por enquanto é isso, espero que você tenha gostado do material de hoje!

Eu sei que é básico, mas por isso mesmo é fundamental para tocarmos de forma correta. E o mais importante: sem nos machucar!

Ah, e me diz aí:

qual sua pegada favorita?

Deixe um comentário! E se houver dúvidas, eu terei prazer em te responder. 

E não esquece de se inscrever no meu canal do YouTube. Lá tem um monte de vídeos ensinando técnicas e várias coisas legais. 
 

Um grande abraço,


Gilson Naspolini

21 Comments