Quero Tocar Bateria Ao Vivo?

Sim! Pra você que faz parte da minha lista de e-mail! Se você já faz parte, fique atendo aos e-mails pois recentemente criei um grupo fechado no Facebook especialmente pra você. Lá, estou postando material exclusivo e também uma série de aulas ao vivo, com hora marcada toda semana. Ah e o mais legal: além de você poder fazer parte da aula com perguntas, também poderá votar no assunto para a lição seguinte, através de uma enquete nova que rola toda semana.

Como entro para a lista de e-mail e para o grupo do Facebook?

A minha lista tem limite de inscritos. Porém de tempos em tempos, abro novas vagas. Você precisa ficar atento ao topo deste site: se houverem vagas, uma barra laranja estará anunciando a liberação para novos inscritos. Por isso, entre regularmente no site para conferir a disponibilidade.

AULA #3 - Fundamentos do Jazz

Para aprender jazz, basta decorar umas sequências de toques no prato e pronto: afinal, é tudo tocado de qualquer jeito, fraquinho, já que o estilo não exige muito da coordenação. certo?

ERRADÍSSIMO! Nesta aula, irei falar um pouco da minha experiência e visão do estilo e como ele transformou minha vida de estudante de música; e não apenas como estudante de bateria!

Ao vivo, dia 22 de Setembro, às 18h - transmissão via Facebook para integrantes da lista. 

(em breve, vídeo editado desta transmissão)

MATERIAL

Segue abaixo dois arquivos de áudio; o primeiro, com bateria conforme apresentado na partitura.

No segundo áudio, está apenas o baixo para você acompanhar estudando a partitura ou improvisando suas próprias frases, mantendo o groove no prato.

Material extraído do livro "The Art Of Bop Drumming" do legendário baterista John Riley.

MILES DAVIS - "STRAIGHT, NO CHASER"

Exemplo de um standard de Jazz do disco Milestones, 1958, na forma (estrutura) de Blues, em 12 compassos.

Observe que mesmo a música tendo mais de 10 minutos nesta versão, ela cabe em apenas uma folha!

Isto ocorre porque apenas o tema está escrito; os solos além do tema são improvisados sobre o a harmonia e estrutura do tema, de 12 em 12 compassos.

E este é o espírito do jazz: improvisação.

Comment