Saiba como tirar proveito disso, explorando melhor seu kit e evitando roubadas!

Na Idade Média, canhotos eram queimados na fogueira por serem

(...) praticantes de bruxarias, mensageiros da morte e enviados do Diabo.
— http://super.abril.com.br/ciencia/canhotos-essa-sofrida-gente-de-esquerda

Felizmente hoje, nenhum canhoto sofre com esse tipo de absurdo, mas que ainda sofre, ninguém pode negar! 

Com a bateria não é diferente. O baterista canhoto que opta em tocar "espelhado" de um baterista destro (com todas as peças invertidas) pode causar um transtorno pra si mesmo! A começar com acessórios como pedal duplo, por exemplo. Nem sempre você irá encontrar facilmente estes acessórios específicos para canhotos.

 

Situações

Se você é desses que inverte tudo, algo muito comum é ser colocado por último pra evitar a fadiga dos destros.

Um exemplo que já presenciei, aconteceu com o único baterista canhoto do curso de prática de banda do conservatório que estudei. Ele sempre participava da aula por último, pois o professor queria evitar perder tempo invertendo a bateria para ele, para depois fazer o inverso. Logo, ele ficava por último toda aula, coitado. 

A mesma coisa pode acontecer em festivais onde a banda do canhoto for dividir palco com outras. Provavelmente a produção vai querer que o canhoto toque por último também, ou no mínimo, vai fazer uma cara bem feia pra este baterista quando ele estiver mudando TUDO de lugar!

Atitude inteligente

Se você for canhoto, aqui vai uma sugestão para tirar proveito disso. Tente tocar como destro, porém, mantenha a sua mão esquerda conduzindo no chimbal e prato de condução. Ou seja, toque com os braços abertos. Por mais estranho que isso pareça, existem EXCELENTES bateristas que tocam assim e acredite: eu adoraria ter esse domínio com a esquerda.

Você pode "passear" por todo o kit sem precisar cruzar um braço sobre o outro, que é um problema crônico da forma de tocar bateria, no meu ponto de vista.

Tome como exemplo o baterista Carter Beauford, do Dave Mathews Band. Com muito treino, você pode acabar por desenvolver uma ambidestria parecida com a dele, que consegue conduzir com ambas as mãos. Já viu?


 

 

Outro Baterista que toca "aberto" é o Shawn Drover, conhecido por sua passagem pela banda de thrash metal Megadeth. Veja como pode ser mais natural tocar com os braços abertos, proporcionando toques de rimshot mais precisos e sem uma mão atrapalhando a outra!

 

 

No Brasil, temos o lendário baterista Márcio Bahia. Normalmente, você verá ele tocando com a bateria inteiramente invertida do destro. Porém, não é raro ouvir relatos sobre quantas vezes o grande Márcio sentou num kit totalmente montado para destros - e detonou! 

Direita, Esquerda!

Tanto faz a forma que você optar, o que vale é tentar sempre desenvolver por igual as duas mãos. A tarefa não é fácil. Independentemente de qual for sua mão forte, a mão fraca estará na mão oposta. Por isso, segue aqui um exercício bacana pra você fortalecer sua mão fraca:

Espero ter ajudado com as dicas! Se houver dúvidas, pode deixar nos comentários abaixo! 

Grande abraço,

Gilson

5 Comments